De: As Minhas Receitas (Ver receita )



Receita do - Feijoada do Cozido


Começa o tempo mais frio e a minha mãe já sabe. Se formos almoçar a casa dela o que é que nós queremos comer? Cozido à Portuguesa. Cada um tem os seus pratos preferidos, mas eu acho que um bom cozido à portuguesa, nesta altura do ano, é das melhores coisas que me podem oferecer. Adoro. 
Mas há algo que acontece. Como não somos assim tantos, e o cozido tem de ter variedade de carnes e enchidos, sobram sempre muitas coisas. Desde sempre vi a minha mãe a congelar as sobras das carnes e dos enchidos com a própria água da cozedura. E essas sobras servem para duas coisas: ou para voltar a fazer cozido, e onde só é necessário cozer as batatas, o nabo, as couves, as cenouras, o feijão (sim, aqui em casa o cozido leva feijão!) e fazer um bocadinho de arroz, ou então, as sobras do cozido transformam-se em feijoada. 
Ora desta vez eu fui uma felizarda, porque tive a sorte de trazer comigo as sobras da carne do cozido (foi por uma questão prática, que a minha mãe não tinha espaço na arca, mas isso pouco importa!). E congelei-as para mais tarde usar.
Este fim de semana que passou, foi dia de fazer uma feijoada. Tinha feijão caseiro que demolhei e cozi, couve kale (ou crespa) do meu cabaz biológico e as sobras da carne. E assim se fez uma deliciosa feijoada. Quem mais aproveita as sobras do cozido numa feijoada?

Ingredientes para 4 pessoas:

650g de feijão vermelho cozido (usei feijão que demolhei e cozi, mas podem usar feijão de lata)
600g de sobras de carnes de cozido à portuguesa (tinha ossos de suã e de entrecosto, entremeada, orelha, morcela, chouriço, e alguns pedaços de carne de vaca) com líquido da cozedura
1 cebola grande
2 dentes de alho
2 folhas de louro
300g de couve (usei kale, mas podem usar qualquer couve)
4 colheres de sopa de polpa de tomate
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
picante q.b.

Preparação:

Pique a cebola finamente juntamente com os dentes de alho e leve-a a alourar com um pouco de azeite e  as folhas de louro. Deixe refogar um pouco e acrescente a polpa de tomate. Mexa bem e acrescente as carnes partidas em pedaços e o líquido da cozedura e deixe ferver alguns minutos em lume brando. Acrescente depois o feijão cozido – e eu também costumo juntar um pouco do líquido da cozedura do feijão – e retifique de sal, pimenta e junte um pouco de picante a gosto. Quando levantar fervura acrescente a couve numa juliana grossa, envolva bem e deixe cozinhar em lume brando até a couve estar cozinhada e a feijoada apurada.
Sirva bem quente com arroz branco.

Bom Apetite!