De: As Minhas Receitas (Ver receita )



Receita - Rissois de Peixe com Legumes


Lembram-se da receita de pregado da semana passada? Ora sobrou uma posta de peixe, que eu desfiei e congelei logo, para usar depois em qualquer outra receita (como fácil habitualmente).
A preparar as refeições de fim de semana, tirei a caixinha onde estava o peixe, sem saber muito bem o que fazer.. Tinha pensado em crepes, apesar de não estar propriamente “convencida”. E de repente surgiu-me a ideia ideal. Ia fazer rissois, que já não fazia há imenso tempo.
E assim foi! E com uma posta de peixe e mais umas coisas lá saíram 15 rissois deliciosos!
Nunca fizeram rissois em casa? Nem sabem o que estão a perder. São muito mais simples de preparar e menos trabalhosos do que aquilo que podemos pensar (a não ser que estejamos a fazer centenas deles, e assim parece que nunca mais acaba

.). E a massa, que assusta tanta gente é muito simples e não tem nada que enganar. Espero sinceramente motivar-vos para que se aventurem em casa e que descubram a “terapia” que fazer rissois e a cozinha em geral pode ter em nós!

E não se esqueçam do workshop no Porto, já esta sábado! . Nos Workshops Pop Up, na Rua do Almada, dia 16 de Setembro, Sábado, pelas 15h, e com o tema “Receitas Rápidas e Fáceis para Jantares em Família”. Para mais informações e inscrições: [email protected].

Ingredientes para cerca de 15 rissois:

Massa:
1 chávena (com capacidade de 225ml) de água
sal q.b.
2 colheres de sopa de azeite
1 chávena (com capacidade de 225ml) de farinha de trigo sem fermento

Recheio:
1 tacinha com restos de peixe previamente limpo de peles e espinhas
1/2 cebola
1 tomate maduro pequeno
1 alho francês pequeno
sal e pimenta q.b.
noz moscada q.b.
azeite q.b.
1 colher de sopa de farinha
125ml de leite

Para Panar:
1 ovo batido
pão ralado q.b.

Preparação:

Comece pelo recheio. Pique finamente a cebola e leve-a ao lume num tacho juntamente com um pouco de azeite e deixe refogar. Acrescente depois o tomate também bem picado (ou triturado), e o alho francês em rodelas finas. Tempere com um pouco de sal e deixe estufar um pouco. Junte depois o peixe, envolva bem e por fim polvilhe com a farinha envolvendo bem. Acrescente o leite e deixe engrossar. Tempere depois a gosto com sal, pimenta e um bocadinho de noz moscada. Retire do lume e deixe arrefecer.
Para a massa coloque a água, sal e azeite num tacho e deixe levantar fervura. Assim que levantar fervura misture a farinha, de uma vez só e sem parar de  mexer energicamente com a colher de pau até a mistura se despegar das paredes do tacho e formar uma espécie de bola e de massa uniforme. Retire depois a massa para a bancada da cozinha e deixe arrefecer um pouco até que a consiga trabalhar com as mãos. Amasse um pouco até obter uma massa lisa e macia e que não se cola nem às mãos, nem à bancada.
Estique depois a massa com um rolo de cozinha até ficar fina, mas não em demasia para os rissois não rebentarem ao fritar -  (há quem o faça com a máquina de esticar massa fresca, mas só vale a apena quando se faz uma grande quantidade de rissois). Coloque depois uma colher de recheio na massa e dobre-a sobre a restante massa, cortando depois com a ajuda de um copo ou de um utensílio próprio, de modo a obter o tradicional rissol. Repita até esgotar todos os ingredientes. (Poderá amassar e voltar a esticar a massa quantas vezes as necessárias.)
Depois de os rissois todos preparados, passe-os por ovo batido e finalmente por pão ralado, colocando-os sobre papel vegetal. 
Neste ponto poderá congelar os rissois para os ter sempre à mão - e fritar diretamente do congelador- ou fritar em óleo ou azeite quente até ficarem dourados. Em alternativa poderá ainda fazê-los no forno. Coloque-os numa só camada num tabuleiro forrado com papel vegetal e “borrife-os” com um pouco de azeite em spray. Leve ao forno previamente aquecido a 180ºC cm ventilação e deixe cozinhar - virando-os a meio do tempo - cerca de 20 minutos.


Bom Apetite!