De: Pão, Bolos e Cia. (Ver receita )



Receita - TARTE DE CHOCOLATE COM NATAS

Já há muito que não faço esta tarte, houve tempos que era curriqueira.
Ao arrumar umas fotos encontrei estas e deu-me vontade de comer uma fatia, mesmo que pequena, pois nem sempre são dias de festa, embora todos sejam um motivo de festejo.

A textura é densa, como um brownie e o sabor é de um intenso chocolate. Bem ao gosto dos meus dias lindos de outono. Com um café, não há sorriso que não se deixe escapar.
Não é muito doce, até porque para doce já nos chega a vida ;)

As natas, embora não sejam ingrediente do recheio, são imprescindíveis a acompanhar, principamente se forem natas ácidas. Uma simples colherada de natas ácidas contrabalança a textura da tarte, conferindo-lhe cremosidade q.b.. Gostando, esta colherada de natas pode ser polvilhada com cacau, canela ou mais ousadamente, noz moscada.

A receita original é preparada no robot de cozinha, mas, como é lógico, pode ser preparada à mão ou na batedeira.

Fiz assim



TARTE DE CHOCOLATE COM NATAS


INGREDIENTES
Massa:
1 rolo de massa quebrada fresca
ou
200 g de bolacha maria
80 g manteiga s/ sal

Recheio:
5 ovos
150 g - 200 g de açúcar
125 g de manteiga
200 g de chocolate de culinária
50 g de farinha de trigo

PREPARAÇÃO
Massa:
Colocar no copo do robot a bolacha e pulverizar 5 seg/vel 9.
Adicionar a manteiga e programar 15 seg/ vel 6.
Forrar uma forma de fundo amovível com papel vegetal e calcar a mistura de bolacha no fundo e laterais baixas. Reservar.

Recheio:
No copo limpo colocar a borboleta, as claras e o sal e programar 5 min/ vel 3 ½. Retirar e reservar.
Sem a borboleta, deitar no copo as gemas, o açúcar, a manteiga e programar 5 min/70ºC/vel 4.
Pré-aquecer o forno a 180ºC.
Juntar o chocolate partido aos pedaços, esperar que amoleça e programar 10 seg/vel 6.
Adicionar a farinha e programar 10 seg/vel 3.
Juntar ao preparado as claras reservadas e programar 10 seg/vel 5.
Deitar sobre a base e levar ao forno cerca de 25 minutos.

Servir fria acompanhando cada fatia com uma colherada de natas ácidas frescas ou chantilly.


NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
- Fazendo sem o robot de cozinha: Para a massa esmigalhar as bolachas maria num almofarim ou numa taça grande com a ajuda de um peso. Adicionar a manteiga derretida, envolver e forrar uma forma de fundo amovível com papel vegetal e calcar a mistura de bolacha no fundo e laterais baixas. Reservar.
- Fazendo sem o robot de cozinha: Para o recheio levar uma caçarola a lume médio com as gemas, o açúcar e a manteiga, mexendo sempre com uma vara de arames cerca de 5 minutos. Juntar o chocolate partido aos pedaços, esperar que amoleça e mexer em seguida. Envolver no preparado a farinha. Bater as claras em castelo com o sala e envolver na mistura de chocolate. Deitar sobre a base e levar ao forno a 180ºC cerca de 25 minutos;
- A massa pode ser aromatizada com canela ou com um pouco de whisky;
- Para os mais gulosos a quantidade de açúcar no recheio de chocolate pode chegar aos 200 g ou o chcolate de culinária ser substituído por chocolate de leite, mas o sabor, embora por certo bom, não será igual.