De: As Minhas Receitas (Ver receita )



Receita - Tarte de Maçã com Recheio de Doce de Ovos


Há muitos anos (pelo menos desde 2009 e com a receita aqui: http://paracozinhar.blogspot.pt/2009/12/tarte-de-maca-com-doce-de-ovos.html) que costumo fazer uma tarte de maçã com doce de ovos. Ontem, e com imensas maçãs em casa – ainda das que vieram de Alcobaça – decidi fazer novamente essa receita. Na realidade fiz uma receita inspirada nessa. Usei uma massa sablé, uma massa doce para base de tartes e fiz uma receita de doce de ovos em que as claras também são usadas, o que resulta numa maior quantidade e num doce de ovos não tão fino, e talvez seja por isso que também seja conhecido como doce de ovos pobre.
Ficou uma tarte muito bonita – e como a minha tarteira retangular é um pouco mais pequena que uma redonda, ainda sobrou massa para 4 pequenas tarteletes que eu acho que ainda ficaram mais bonitas do que a tarte em tamanho familiar. Se tiverem paciência e um bocadinho de tempo para a fazerem esta receita, acreditem que fica melhor do que a outra versão partilhada, além de que poderão usar esta massa para fazerem outras tartes e tarteletes doces. É uma receita que dá sempre jeito.

E entretanto há mais workshops. 
Em Coimbra, na Baking Day, no dia 6 de Novembro, das 10h às 13h, vamos fazer “Presentes de Comer” para vos inspirar para os cabazes de Natal. (Inscrições e informações para [email protected])

No Porto, nos Workshops pop-up, dia 19 de Novembro, das 15h às 18h, para “Mais Receitas Rápidas e Económicas para Impressionar”. O ultimo workshop esgotou num instante e eu vou voltar com novas receitas. Inscrevam-se quanto antes para não ficarem de fora! (Inscrições e informações para [email protected])





Ingredientes:

Massa sablé:
100g de açúcar em pó
2 gemas
300g de farinha
125g de manteiga
4 colheres de sopa de leite

Doce de ovos pobre:
6 ovos
o peso dos ovos em açúcar (ovos pesados com casca)

Cobertura:
2 ou 3 maçãs
canela q.b.
açúcar demerada ou amarelo para polvilhar

Preparação:

No robot de cozinha coloque o açúcar em pó, a manteiga, as gemas, a farinha e o leite e ligue-o, deixando-o a trabalhar até que se forme uma massa homogenea e uniforme. Se não tiver robot de cozinha, deverá colocar a farinha, o açúcar e as gemas numa taça, abiri uma cova ao meio e adicionar as gemas, o leite e a manteiga em cubos pequenos e ir amassando com as mãos até obter uma massa lisa e homogénea. 
Forre uma tarteira de fundo amovível com a massa (ou formas de tarteletes individuais). Como a massa fica um pouco mole e é um pouco difícil de estender com o rolo, eu prefiro forrar à mão a tarteira, mas no caso de usarem rolo experimente esticar a a massa entre duas folhas de papel vegetal.
Depois da tarteira forrada com a massa, leve-a a cozinhar, cerca de 20 minutos em forno previamente aquecido a 180ºC.
Entretanto prepare o doce de ovos. Numa taça bata os ovos com o açúcar e leve depois ao lume, sem parar de mexer, até o doce engrossar. Retire do lume e deixe arrefecer.
Lave bem as maças e retire-lhes o caroço. Corte-as depois em rodelas finas (eu usei a minha mandolina borner, mas podem fazer à mão com uma faca afiada.)
Retire a tarte do forno e recheie com o doce de ovos e cubra depois com as rodelas de maçã. Polvilhe com a canela em pó e com o açúcar demerada (ou amarelo) e leve novamente ao forno cerca de 20 minutos ou até a maçã estar dourada e assada.
Retire do forno e deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Bom Apetite!