De: Dia de Domingas (Ver receita )



Receita - Bolo de Vino Tinto


O bolo faz parte da cultura alemã, mas eu nunca tinha provado! Desde que ouvi sobre ele, procurava por uma receita mas todos os exemplos que achei  pareceram-me um pouco pesadas e  eu procurava uma  com os ingredientes mais balanceados. Finalmente encontrei-a num blog em inglês! Sim, a blogueira recebeu a receita da mãe alemã de uma amiga. E receita de mãe só pode dar certo, né? Só acrescentei a canela, porque ela se encontra em todas as receitas alemãs e achei que talvez a mãe tenha retirado por questão de gosto pessoal.

O bolo tem um cheiro e sabor particulares e difícil de serem descritos, mas tendendo para o gostinho de chocolate. Doce sem ser pesado, fofo, húmido e com uma aparência maravilhosa, não acham? Bem, fiz a receita inteira, tradicionalmente assada numa forma para Gugelhupf (alta e com tubo no meio) de 22 cm. Como o bolo era para levar para uma reunião e a massa cobria quase toda a forma, roubei um pouquinho para fazer dois mini-bolos e assim, mais tarde poder provar com calma. Não fiz a cobertura, mas da próxima vez não escapa! Ah, reservei um bolinho para hoje e ainda está muito bom! 🙂  Mas não se esqueçam, neste bolo a qualidade do vinho e dos chocolates é fundamental para um bom resultado. Um bolo especial de Inverno com um sabor delicioso e intrigante! Experimentem!

ROTWEINKUCHEN
(Bolo de Vinho Tinto)
Fonte: Sarah Cooks
Rendimento: uma forma de Gugelhupf(para pudim/bunt cake/ angel cake) de 22cm

Ingredientes:
300 gr. de farinha de trigo
1 pacote de 7 gr. de fermento químico (ou 1 col. de sopa)
2 col. de sopa de chocolate em pó para bolos
1 col. de chá de canela em pó
250 gr. de manteiga amolecida ou margarina
250 gr. de açúcar
1 pacotinho (1 col. de sopa) de açúcar baunilhado
5 ovos inteiros
125 ml de vinho tinto seco
100 gr. de chocolate granulado ao leite de boa qualidade

Cobertura
1 col. de sopa de chocolate em pó para bolos
60 ml de vinho tinto
acúcar de confeiteiro (em pó) o suficiente)

Instruções:

Pré-aqueça o forno à 170°C. Unte uma forma para Gugelhupf com manteiga e enfarinhe(caso não tenha Teflon). Reserve.
Num recipiente, peneire a farinha, o chocolate, a canela e o fermento. Reserve.
Num outro recipiente, bata em alta velocidade a manteiga e os açúcares até formar um creme fofo e volumoso. Adicione os ovos um a um, batendo bem antes de acrescentar o próximo.
Agora adicione alternadamente em baixa velocidade, a mistura da farinha com o vinho tinto, batendo sempre e incorporando bem até acrescentar o outro ingrediente. Por fim, misture manualmente o chocolate granulado. A massa ficará bem expessa. Coloque-a na forma reservada. A quantidade da massa é o suficiente para quase toda a forma. Asse por cerca de 35 minutos depois cubra-o com papel alumínio e asse por mais 20 minutos. Faça o teste do palito. Espere cerca de 10 minutos antes de desenform«a-lo.
Para a cobertura, misture todos os ingredientes, formando uma pasta grossa. Espalhe por cima do bolo morno, não quente. Deixe-o esfriar totalmente antes de partí-lo. Bom apetite!


P.S.: Ao esperear para desenformá-lo o bolo preservará  a casquinha deliciosa que se forma. E assim também a cobertura terá uma base lisinha para cobrir, dando melhor aparência ao bolo. Os meus mini-bolos foram desenformados imediatamente e por isso se vê a textura do bolo sem a casquinha. Dependendo do tipo de forma usada, sem a cobertura fica bonitinho também.