De: Vamos pá mesa (Ver receita )



Receita do - Raviolis com recheio de bacalhau e requeijão de Seia

Depois de algumas peripécias, como não podia deixar de ser, salvei o dia fazendo mais massa. Caso tenham lido o post anterior, parte dos raviolis tinham-se colado uns aos outros, romperam e foi impossível aproveitá-los. Sigam as dicas que vos dei no post  “Como moldar raviolis” para não haver surpresas desagradáveis. Nada como cometer um erro monumental para aprender uma lição. E com esta brincadeira, já sou quase pro a fazer massa e a estendê-la! Este post é sobre o recheio dos raviolis. Relembro que a receita da massa já tinha sido colocada no blog, quando fiz tagliatelle. Precisam então dos seguintes ingredientes para o recheio:

Ingredientes
350 gr de bacalhau desfiado demolhado 

1 requeijão de Seia

2 mãos cheias de grelos congelados
1 Cebola média
2 dentes de alho
Pimenta, noz-moscada
Azeite

Preparação
Espremi o bacalhau até sair a água quase toda e piquei-o na picadora da varinha mágica. Como era para rechear raviolis, não convinha que houvesse pedaços muito grandes. Reservei o bacalhau e piquei os alhos e a cebola. Fervi água para dar um entalão nos grelos, retirei-os da água passados 5 minutos, escorri e espremi bem.  Refoguei os alhos e a cebola numa frigideira com azeite. Juntei o bacalhau e deixei cozinhar totalmente. Adicionei o requeijão, envolvi no peixe, juntei os grelos, temperei de pimenta e noz-moscada e rectifiquei o sal. Deixei cozinhar 3 minutinhos. Assim que desliguei o lume, juntei duas gemas batidas, para ligar tudo. Depois foi só rechear os raviolis, assim que o recheio arrefeceu. Pelas fotos, vêem que cozinhei os raviolis de duas maneiras. Cozidos em água, como é habitual, e assados no forno, sugestão do Mr. Fofo. Gostei de ambas as versões, é mais uma questão de textura. Os cozidos são mais moles, se bem que os deixei al dente, e também são mais húmidos. Assados no forno ficam sequinhos e a massa é consistente. Façam como nós e cozinhem das duas maneiras como teste. Bom apetite!