De: Pão, Bolos e Cia. (Ver receita )



Receita do - TARTE PASTEL DE NATA

Vai um pastel de nata? Quem não gosta?
É certo que eu prefiro um pastel de nata individual a uma fatia de tarte de pastel de nata, mas não há dúvida que poupa-se imenso no trabalho. O problema dos pastéis individuais, principalmente dos pastéis doces e empadas é o tempo para forrar cada forminha.

Cada um de nós tem a sua versão desta tarte, com natas ou leite, com amido de milho ou farinha de trigo, mais ou menos açúcar, com ou sem canela, aromatizado com casca de limão ou laranja… esta pode não ser a sua receita preferida mas para mim é aquela que apresenta um melhor balanço entre o sabor, aroma e textura ideais e aquilo a que se pode chamar de “saudável”.
É certo que sendo pastel de nata esta minha receita não leva natas nos ingredientes, mas mesmo assim é muito cremosa. Noutras receitas o creme fica mais parecido com a textura de pudim, tipo tarte flan, neste, o creme fica preso mas muito suave.

A receita é basicamente esta, tendo reduzido o açúcar para uma quantidade semelhante à da Cozinha Tradicional Portuguesa de Maria de Lourdes Modesto e acrescentado a baunilha.

A versão bimby é bastante mais rápida que a versão manual, mas ficarão igualmente boas.

Fiz assim…

TARTE DE PASTEL DE NATA

INGREDIENTES
1 rolo de massa folhada fresca
250g de açúcar
250ml de água
500ml de leite meio-gordo
70g de farinha de trigo
6 gemas
1/2 pau de canela
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 casca de limão

PREPARAÇÃO
Pré-aquecer o forno a 200ºC.
Numa tarteira de fundo amovível esticar a massa folhada juntamente o papel vegetal da mesma, dobrar o excesso de massa das bordas para dentro e comprimir bem. Picar o fundo da massa com os dentes de um garfo. Reservar.

Versão manual do creme:
Num tacho colocar o açúcar, a água, o leite, a farinha e as gemas.
Triturar bem com a varinha mágica sem fazer espuma.
Juntar o pau de canela e a casca de limão.
Levar a lume médio mexendo sempre até engrossar, cerca de 20min..
Se encaroçar voltar a triturar com a varinha mágica, rejeitando primeiro o pau de canela e a casca de limão.

Versão Bimby do creme:
Colocar no copo da bimby o açúcar, a água, o leite, a farinha e as gemas. Programar 40seg/vel.4. Colocar a borboleta, adicionar o pau de canela e a casca de limão e programar 18min/Ⱥº/vel.1,5.

Colocar o creme na tarteira e levar ao forno, na parte mais baixa, cerca de 20min. a 200ºC ou até a tarte apresentar manchas mais queimadas.

Retirar do forno e deixar arrefecer na forma.
Desenformar e retirar o papel vegetal.

Tartes de Pastel de Nata de outras fornadas…

NOTAS, MAS NÃO MENOS IMPORTANTES
– Separar bem as gemas das claras;
– Em vez de essência de baunilha pode usar a vagem juntamente com o pau de canela e casca de limão;
– Pode ser feita com antecedência, pelo menos no dia anterior, que permanece igual. Também pode ser congelada.